Pense rápido: como saber se alguém que você conhece está tendo um derrame


A frase “Cada minuto conta” é um aviso para prestar atenção se você suspeitar que alguém próximo a você está tendo um derrame. Obter ajuda médica imediata é vital. Tanto que os pesquisadores chamam a primeira hora após o aparecimento dos sintomas do AVC de “hora de ouro”. Se uma pessoa pode chegar ao hospital durante essa primeira hora, suas chances de sobrevivência e recuperação são muito maiores. De acordo com a American Stroke Association, os derrames são a segunda principal causa de morte no mundo. A idade desempenha um papel nos acidentes vasculares cerebrais, o que significa que os idosos estão em maior risco. Mas é importante saber que os derrames podem acontecer em qualquer idade e por vários motivos. O ator Luke Perry sofreu um derrame fatal aos 52 anos. Rogério Samora com 62 anos, outro ator popular, Flipe Titto, teve um infarte com apenas 30 anos.


Aqui estão alguns outros fatores que podem aumentar o risco de sofrer um acidente vascular cerebral:


  • Pressão alta

  • Colesterol alto

  • Fumar

  • Diabetes

  • Estar acima do peso

  • História familiar de AVC


Reserve alguns minutos para aprender os sinais de alerta que podem ajudá-lo a identificar se alguém ao seu redor está apresentando sintomas de derrame. Se você estiver familiarizado com isso, poderá agir rapidamente.


Aja RÁPIDO: Reconhecendo os Sinais de Alerta de AVC

ROSTO: Se um lado da boca de uma pessoa parece estar caído ou seu sorriso parece torto, saiba que isso é uma bandeira vermelha comum. Olhe para o rosto da pessoa diretamente comparando um lado com o outro para ver as diferenças. Além disso, peça-lhes que sorriam para que você possa ver se ambos os lados da boca estão caídos.

BRAÇOS: Pessoas que estão tendo um derrame geralmente têm dificuldade em manipular suas extremidades. Faça com que a pessoa tente levantar os dois braços acima da cabeça. Eles podem não conseguir levantar um ou ambos os braços se estiverem sofrendo um derrame. Se a pessoa conseguir levantar os braços, observe se algum deles se move para baixo. Isso é um sinal de alerta de que algo não está certo. O mesmo vale para a caminhada. Arrastar uma perna, mesmo que levemente, também pode ser um sintoma.

FALA: Os derrames interrompem o fluxo de sangue para o cérebro, muitas vezes causando problemas com a fala. Se um dos pais está tendo dificuldade para falar, enrolar as palavras, repetir as mesmas palavras ou frases, ou sua conversa não faz sentido, pode ser um derrame. É um problema que precisa ser tratado por um médico imediatamente.

TEMPO: Finalmente, lembre-se de que o tempo é essencial se alguém estiver tendo um derrame. Não espere para ver se os sintomas desaparecem. Ligue para o número de emergência e diga ao despachante que suspeita que uma pessoa perto de você está tendo um derrame. Os profissionais de saúde geralmente aconselham as pessoas a utilizar o número de emergência em vez de tentar levar a pessoa ao pronto-socorro. Medicamentos que salvam vidas devem ser administrados rapidamente para serem eficazes, e entrar de ambulância geralmente resulta em atendimento mais rápido.



Outros sintomas de acidente vascular cerebral:


Embora os sinais acima abordam os indicadores de acidente vascular cerebral mais comuns, existem outras bandeiras vermelhas a serem observadas:


  • Início súbito de uma forte dor de cabeça

  • Dificuldade em dar passos e andar

  • Dormência no rosto, braço ou perna

  • Problemas de visão, como perda repentina ou visão embaçada


Como os sinais acima, esses sintomas potenciais de um acidente vascular cerebral também requerem atenção imediata.


57 views0 comments

Recent Posts

See All
Nosso Lar transp.png