Uma solução infalível para a solidão

Solidão. É uma sensação que quase todo mundo conhece. Tenho certeza de que todos nós já passamos por momentos em que nos sentimos sozinhos e desejamos ter alguém com quem conversar. Para algumas pessoas, principalmente idosos, esse sentimento é um modo de vida. De acordo com pesquisas, 16% de idosos no Brasil vivem sozinhas. Há muitas pessoas neste mundo que não têm uma família próxima ou um sistema de apoio. Nesse caso, morar sozinho pode se tornar incrivelmente difícil quando não há amigos ou familiares para entrar em contato. A solidão é um fator de risco em idosos que pode causar doença, depressão ou até mesmo a morte. Em um de nossos eBooks, discutimos maneiras de combater a solidão dos idosos. Um componente importante dessa prevenção é a comunicação – seja ligar para seu ente querido ou fazer uma visita. Mas e aqueles sem esse sistema de suporte?


Com a tecnologia cada vez maior de hoje, e-mail e correspondência do Facebook são frequentemente recomendados para conectar idosos solitários com o mundo. Mas, a tecnologia não é pra todo mundo; alguns simplesmente não querem usá-la ou não se adaptam bem. Felizmente, existe uma forma de comunicação atemporal que perdeu popularidade entre as novas tecnologias que surgem todos os dias: escrever cartas. Imagine que você vai até sua caixa de correio, pega a correspondência e vê uma carta manuscrita endereçada a você. Seu interesse é instantaneamente despertado. Quando você abre, percebe que alguém escreveu uma carta para você apenas para se atualizar e ver como você está. Eles podem ter enviado um texto ou uma mensagem no Facebook, mas você se sente tocado ao saber que eles dedicaram um tempo para escrever uma mensagem à mão. A mensagem manuscrita foi muito subestimada nos últimos anos, mas pode criar uma grande sensação de cuidado e pertencimento para muitas pessoas. As letras manuscritas também permitem que a pessoa com quem você está se comunicando tenha uma noção única de quem você é – desde sua caligrafia até a maneira como você enfatiza certas palavras no papel.


Como encontrar um amigo por correspondência?


Existem muitas maneiras de começar a escrever para um amigo por correspondência. Os recursos estão disponíveis em sua comunidade e na Internet. Este site contém uma lista de 15 websites de PenPals onde você pode fazer novas amizades através de cartas ou emails.


Outra ótima maneira de encontrar um amigo por correspondência é pedir ajuda em sua comunidade. Seja você voluntário ou residente, entre em contato com o diretor de vida da comunidade de aposentados local, talvez um grupo do Facebook. Alguém vai te indicar a idosos que podem se beneficiar de um amigo por correspondência ou podem combiná-lo com um voluntário ansioso para se corresponder com você.


Como começar a escrever para seu Pen Pal


Escrever para alguém que você nunca conheceu pode parecer assustador, mas não precisa ser! Comece apresentando-se e deixe-os saber como você conseguiu entrar em contato com eles. Continue a carta, informando-os sobre o propósito de sua escrita – você pode até dizer que está apenas procurando fazer um novo amigo. Pergunte ao seu amigo algumas coisas sobre si mesmo para ajudar a encontrar um terreno comum. Em seguida, acompanhe essas perguntas com alguns detalhes sobre você – tanto quanto você se sentir confortável em compartilhar. Você pode encerrar sua carta dizendo que está aguardando uma resposta. Confira o modelo de carta escrito abaixo:


Olá amiga,

É bom conhecê-lo! Consegui me conectar com você através da Maria, a diretora da secretaria do idoso em sua comunidade! Estou escrevendo na esperança de fazer um novo amigo. Como tem sido sua semana? Quais atividades você gosta? Meu nome é Joana. Tenho 67 anos, adoro passear, escrever e passar tempo com meus dois gatos. Eu também adoro assistir a novela das 8. Você assiste também?

Eu espero que você tenha uma semana maravilhosa! Aguardo sua resposta!

Sinceramente,

Joana

Esta carta de amostra inclui várias perguntas que solicitarão uma resposta. O conteúdo é bem simples e meio bobo, mas te dá uma idéia do que é necessário - a idéia não é complicar, mas sim criar oportunidades de conversa e desenvolver a amizade. Ao fazer essas perguntas, o entrevistado não terá que criar tópicos aleatórios do nada e terá mais chances de iniciar uma conversa com base em qualquer área de interesse mútuo em que você possa se apoiar. Mantenha a comunicação leve e amigável para começar. À medida que você estabelece um relacionamento com seu amigo por correspondência, você poderá navegar melhor pelos tipos de conversa que ele ou ela se sente confortável em ter.


Precauções de segurança


Infelizmente, há pessoas neste mundo que se aproveitam daqueles que são vulneráveis ​​e confiáveis. Ao iniciar um relacionamento com um amigo por correspondência, é importante manter suas informações pessoais e financeiras importantes para si mesmo. Mesmo que você tenha construído um longo relacionamento com um amigo por correspondência, nunca atenda a um pedido de informações pessoais ou financeiras. Veja qualquer solicitação de empréstimo, doação, presentes, etc como um alerta! É muito importante proceder com cautela ao se conectar com alguém que você não conhece. Mesmo que pareçam ser as pessoas mais confiáveis, você pode estar sendo enganado. Alguém que se preocupa com você nunca pedirá detalhes específicos, como suas informações bancárias, CPF, senhas de banco, etc. Mantenha suas conversas em coisas leves como suas atividades favoritas ou interesses comuns.


A solidão e o isolamento dos idosos são assuntos sérios. Há muitas maneiras de ajudar a evitar a solidão enquanto se mantém seguro. Para obter mais informações sobre como se manter saudável durante seus últimos anos, baixe nosso eBook!


 


6 views0 comments
Nosso Lar transp.png